O Instituto Brasil de Gestão Pública – IBRAGESP retomou no último dia 13 o atendimento a consultas agendadas das dez especialidades que oferece na Policlínica Cruz Preta/Engenho Novo. O serviço estava paralisado por determinação da Secretaria de Saúde de Barueri, como parte dos esforços para evitar a proliferação do novo coronavírus no município.

De 23 de março até a primeira quinzena de abril, os atendimentos de primeira vez estavam suspensos, sendo admitidos à unidade de saúde apenas os retornos médicos de consultas previamente já efetuadas. Desde o dia 13, estão novamente à disposição da população as seguintes especialidades: cardiologia, dermatologia, endocrinologia adulto, endocrinologia infantil, gastroenterologia adulto, ginecologia, neurologia, otorrinolaringologia, psiquiatria infantil e urologia. Como sempre, essas consultas são agendadas mediante encaminhamento após passagem pelas unidades básicas de saúde de Barueri.

O IBRAGESP continua reforçando os cuidados e medidas para evitar a proliferação do vírus causador da Covid-19. Desde o início do ano, com as primeiras informações sobre o novo coronavírus (SARS-CoV-2), o Instituto elaborou um Procedimento Operacional Padrão (POP) para possíveis casos de atendimento de pacientes com sintomas da infecção e capacitou todos os seus colaboradores para identificação desses sinais e orientação ao público.

Diversas medidas estão sendo reforçadas neste mês, período em que as autoridades sanitárias preveem o pico de contaminação no País. Para todos os colaboradores foi disponibilizado álcool gel de uso individual e álcool 70% para higienização dos equipamentos de trabalho, além de máscaras. Para os pacientes com sintomas gripais, é oferecida máscara cirúrgica.

A circulação na Policlínica está rigorosamente controlada. Somente o paciente tem acesso para entrar na Unidade, exceto idosos e crianças, em que o acompanhante é liberado. Ao entrar nos consultórios, é solicitado que o paciente passe álcool gel nas mãos, sob orientação da equipe do complexo de saúde.

Os equipamentos médicos são higienizados após o uso em cada paciente e a equipe de limpeza realiza procedimentos em todos os consultórios de hora em hora. Em todos os pontos estratégicos do prédio, o IBRAGESP disponibiliza álcool gel para uso do público. Além disso, totens e cartazes orientam sobre a importância de lavar corretamente as mãos e conhecer os sintomas da Covid-19.

“A segurança de nossos colaboradores é colocada em primeiro lugar. Colocamos em todos os guichês de atendimento uma divisória de proteção em acrílico entre o atendente e o paciente, como preconiza a Organização Mundial de Saúde e o Ministério da Saúde. Além disso, isolamos alguns locais de fluxo, para manter o isolamento social e as distâncias corretas entre as pessoas”, informa o presidente do IBRAGESP, Gilson de Oliveira.